it´s Good to know

Comer bem não é só comer alimentos magros, sem açúcar ou com muita proteína.

Comer bem é comer sabendo o que estamos a ingerir. É educarmo-nos para decidirmos sobre a dieta

mais apropriada ao nosso corpo, mente e estilo de vida.

#4

os nossos produtos

têm uma validade

mais reduzida por não

terem conservantes.

Mas afinal, o que é o Glúten? 

 

É uma proteína encontrada em cereais como o trigo, o centeio ou a cevada. Alimentos ricos em glúten costumam criar uma elasticidade que facilita o preparo e beneficia o processo de fermentação. É o glúten que faz com que seja possível fazer pão fofinho

e macio sem que se perca a sua forma. Assim, os alimentos com glúten são bolos, biscoitos, pães, torradas, massa de pizza, massas

e famosa bebida de cevada, a cerveja. Não é uma proteína criada em laboratórios ou adicionada a esses alimentos mas faz parte da estrutura natural deles. No entanto, todos podem beneficiar ao diminuir o consumo de glúten pois esta pode causar inchaço e desconforto abdominal.  

Alguns dos exemplos de alimentos sem glúten são as frutas, os legumes, as verduras, amêndoas, feijão, arroz ou chocolate!

 

Dentro da gama Yonest apenas o nosso Muesli contém esta proteína.   

#5

Um iogurte yonest 

magro tem por cada 100g apenas 40 calorias!

À toa com as Calorias? 

As calorias são tópico permanente para quem quer estar em boa forma, seguir uma dieta regulada ou simplesmente tornar-se um foodie experiente. Caloria é a quantidade de energia que um alimento fornece ao nosso corpo. Para se saber quantas calorias deve ingerir por dia é importante fazer contas pois o valor da ingestão calórica depende do peso de cada pessoa. De acordo com o Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, os valores médios de energia aconselhados para adultos saudáveis (entre os 18 e os 65 anos) oscilam entre as 1800 e as 2500 calorias. Nas mulheres estes valores devem

balizar-se entre as 1500 e as 1800 calorias, enquanto nos homens se enquadram entre as 2000 e as 2500 calorias.  

 

Eis alguns exemplos de valores energéticos (calorias) de alguns alimentos do nosso dia-a-dia (por cada 100g): 

Banana 

89

Pêra

57

Pastel de Nata

298

Arroz Branco

130

Ovo Cozido

155

Kiwi

61

Tomate

18

Uvas

67

Pão

265

Vinho Tinto

87

Fatia de Pizza

266

Salmão

178

Batata Doce

86

Bolacha Maria

106

Laranja

47

Nozes

654

Tremoços

371

Pipocas Simples

373

Frango

239

Queijo Fresco

310

Mel

304

Massa

131

#6

Um iogurte yonest 

magro individual tem 7.9g de proteína.

1/3 mais do que um iogurte normal.

Alimentos Ricos em Proteina 

A proteína é um nutriente fundamental que traz inúmeros benefícios para a saúde. 

Ajuda a perder peso (especialmente a gordura da barriga), a aumentar a massa muscular e força corporal entre outros fatores importantes para o organismo.  Os alimentos mais ricos em proteína são os de origem animal como a carne, o peixe, o ovo, o leite e seus derivados (como o iogurte). Além de estarem presentes em grandes quantidades, as proteínas desses alimentos também são de melhor qualidade, sendo mais facilmente utilizadas pelo organismo. Mesmo assim existe também a proteína vegetal que pode ser utilizada em uma dieta equilibrada para manter o bom funcionamento do corpo.

As proteínas vegetais são as componentes essenciais para uma dieta vegan e podem ser encontrados em alimentos como os espinafres, os brócolos, os cogumelos, o pepino, o tomate e a couve-flor.

#7

yonest é iogurte grego, mas sem natas.

Intolerância à Lactose 

A lactose é o único hidrato de carbono (tipo de açúcar) do leite e é exclusiva deste alimento.  É apenas produzida nas glândulas mamárias dos mamíferos: no leite humano representa cerca de 7,2% e no leite de vaca cerca de 4,7%. Para ser absorvida, a lactose tem de ser dividida em glicose e galactose e, por isso, todos os mamíferos produzem uma enzima que tem essa função – a lactase. 

Quando a pessoa não digere a lactose da melhor forma é porque ou tem falha ou tem insuficiência da tal enzima que faz com que se sinta um mau estar normalmente relacionado com problemas intestinais.  

 

As alternativas para uma alimentação sem lactose passam por substituir o leite por uma

bebida de soja, bebida de côco, bebida de amêndoa, bebida de arroz ou aveia. 

#8

a cremosidade do nosso iogurte deve-se à filtragem de 12 horas

a que é submetido.

Como emagrecer com saúde? 

Há muitas formas de perder peso de forma repentina recorrendo a dietas ou a exercício físico extremo mas a verdade é que a forma mais saudável e duradoura de o fazer é através do controlo com a alimentação. Treinar diariamente deixa o corpo definido e bonito mas os melhores resultados combinam com o aproveitamento de alimentos nutritivos que beneficiam o corpo. Pode começar por procurar alimentos frescos ‘de verdade’ (que são encontrados na natureza na sua forma natural como as frutas, legumes, carnes e ovos). Evite alimentos processados e industrializados. De seguida, procure afastar-se dos açúcares visto que muita coisa na comida leva açúcar sem sequer nos apercebermos disso. Se realmente não o consegue fazer, tente progressivamente substituir o açúcar por stevia*. Por fim, é importante realçar que a comida deve ser mastigada com calma, sem a correria que muitas vezes o stress obriga.

*Stevia  é um adoçante de origem natural extraído de uma planta que contém também propriedades medicinais,

pois estimula a secreção de insulina, reduzindo o nível de glicose no sangue, podendo desempenhar

um papel muito importante na dieta de diabéticos. 

#9

yonest é 100% português.

Hidratos de Carbono

Hidratos de carbono são moléculas de açúcar compostas por três elementos: carbono, hidrogénio e oxigénio. Eles abastecem o corpo com a energia que ele necessita para o bom funcionamento dos órgãos. Depois de ingeridos, os hidratos de carbono são convertidos em glucose (conhecido como o açúcar do sangue) e utilizados pelas células para fins energéticos. As principais fontes de hidratos de carbono na alimentação são os produtos lácteos (como o belo Yonest!), cereais, raízes e tubérculos (como batata, cenoura, nabo ou salsa), vegetais e frutas. Essa classe de nutrientes desempenha um papel importante na manutenção da saúde como parte integrante de uma alimentação equilibrada e saudável ajudando ainda na prevenção de muitas doenças.